Verão é tempo de brincar com água! E que tal se ela for colorida? E ainda por cima brilhante? Com certeza a brincadeira fica ainda mais divertida. Que o diga a Luiza, que se sentiu praticamente uma cientista misturando os diferentes tons e manuseando os potinhos em seu “laboratório”.

Nós colocamos água em três recipientes. Em um, misturamos corante alimentício vermelho, no outro, verde, e no terceiro deixamos a água incolor mesmo. Só isso já teria sido superlegal, mas a gente ainda guardava uma surpresa para a Lulu: glíter! Ela escolheu as cores e nós misturamos juntas às águas. Além dos potinhos cheios, deixamos também à disposição dela outros potinhos vazios.

Então a nossa pequena cientista entrou em ação. Começou a transpor o líquido de um recipiente para outro, misturando cores e brilhos, com o sorriso estampado no rosto diante nas tonalidades diferentes que surgiam.

“E o que será que acontece se eu juntar todo o líquido em pote só?” Esperta, a Luiza escolheu logo o maior para colocar toda a água. Mas nem esse foi suficiente e parte dela derramou no chão, na roupa, no sapato… E a Luiza? Ela ficou toda orgulhosa, já que agora o chão e ela mesma estavam brilhantes. E então repetiu a operação algumas vezes, até que, propositalmente, derrubou toda a água no chão.Brincamos perto do ralo, então, foi só jogar uma água e o chão ficou limpo de novo. Quanto a nós, terminamos a brincadeira molhadas. E felizes, muito felizes. =)