O Rodin que se cuide! Com papel alumínio e muita criatividade, nossa pequena escultora criou casinha, cestinha de frutas, vaso, pato, borboleta…

2Z6A65702Z6A6501

2Z6A6562

Cortamos alguns pedaços de papel alumínio e convidamos a Sofie a manusear: amassar, moldar, fazer o que quisesse. Ela ficou animada ao ver que poderia mexer com algo que a mamãe quase nunca a deixa pegar. E rapidinho entrou na brincadeira. O mais legal foi ver que, à medida que ela ia criando suas esculturas, ia também inventando uma história: um verdadeiro faz-de-conta. Amassávamos e depois desamassávamos para modelar outra coisa (então, nem gastamos tanto papel assim).

2Z6A6497 (1)  2Z6A6505

Até que, de repente, a Sofie reparou no tubo de papelão do rolo jogado no chão. E aí a brincadeira mudou radicalmente: ela começou a fazer bolinhas de alumínio, colocá-las dentro do rolo e soprá-las na gente (morrendo de rir, claro). E então foi a nossa vez de entrar na brincadeira.

2Z6A6546 (1)

Tem coisa melhor do que, mesmo que tenhamos planejado alguma coisa, darmos voz à criança e deixarmos que ela transforme a nossa ideia em algo totalmente diferente, do jeitinho dela? Nós adoramos, claro. E nos divertimos tanto quanto ela.