As brincadeiras mais legais são aquelas em que o preparo “rende” tanto ou mais que a própria brincadeira. E os monstrinhos de bexiga são um exemplo perfeito disso.

A Sofie ficou toda entusiasmada com a ideia de confeccionar personagens usando bexigas (que ela adora!). A etapa mais complicada (e também a mais divertida) foi encher as bexigas com farinha.

Primeiro colocamos um pouco de farinha em uma garrafa pet (daquelas mais maleáveis) com a ajuda de um funil. A Sofie ajudou empurrando para baixo com um palitinho de sorvete.

Depois, enchemos um pouco as bexigas (para elas ficarem mais expandidas) e encaixamos no bocal da garrafa. Aí foi só virar de cabeça pra baixo e apertar algumas vezes para a farinha descer para a bexiga. A Sofie achou o máximo ver a bexiga ficando grandona. Quando chegou no tamanho que queríamos, demos um nó para fechar a bexiga e entregamos para a Sofie, enfim, criar seus monstrinhos. Com caneta retroprojetor ela desenhou as carinhas e utilizou linhas e barbantes para fazer os cabelos. Deu nome a todos e quando já tinha brincado um tempão preparando-os, a brincadeira estava só começando.

E esses são os simpáticos monstrinhos da Sofie:

Bem, a casa ficou toda cheia de farinha. Afinal, que graça tem mexer com farinha sem assoprar, sentir a textura ou passar no corpo, não é mesmo? Mas a verdade é que a satisfação dela valeu a pena as horas de faxina depois.