Sabe que lojas de material de construção são uma ótima fonte de inspiração para nossas brincadeiras? Depois do desenho na lixa, dessa vez usamos um conduíte para brincar. E o nosso telefone fez muito sucesso com o Rafa.

Para quem não conhece, o conduíte é aquele tubo plástico, normalmente amarelo, que fica embutido na parede e por onde passam os fios elétricos e de telefone. O que pouca gente sabe é que ele produz um som muito interessante se você segurar em uma das pontas e girá-lo. E também é um ótimo telefone para trocar mensagens com as crianças.

Foi assim que exploramos o objeto com o Rafa. Como ele ainda é pequenininho, ainda não tem muita noção de que precisa colocá-lo na boca para falar e no ouvido quando quiser escutar. Então, a gente deu uma mãozinha. Colocamos uma extremidade no ouvido do Rafa e falamos com ele pela outra. O sorriso que brotou em seu rosto foi sua expressão de satisfação diante da nova descoberta.

Depois, ele quis manusear o objeto sozinho, com as próprias mãos. Sentiu as várias ondinhas, tentou encaixar uma ponta na outra, formando um círculo, colocou na boca…

Com crianças maiores, dá pra brincar de se comunicar de um ambiente para o outro (vocês esticam o conduíte da sala até o quarto, por exemplo, e cada uma fica em um dos locais segurando uma ponta). Já experimentamos também e elas adoram! Só será preciso explicar a elas o momento de levar o conduíte à orelha e à boca.