Quando o giz de cera quebra ou fica pequenininho, o que você faz? Joga fora? Jogava! Com esse passo a passo, você vai aprender a reaproveitar qualquer pedacinho de giz – e, assim, seguir fazendo arte com ele.

Você vai precisar de uma assadeira, papel alumínio e alguma forminha para remodelar os gizes.

_mg_0848

1) Forre a assadeira com o papel alumínio. Essa etapa é importante para que você não tenha um trabalhão para limpá-la depois.

_mg_0849_mg_0851

2) Coloque os pedaços de giz nela. Quanto menores eles estiverem, mais rápido será o processo.

_mg_0858

3) Leve ao forno pré-aquecido a 230 graus por cerca de quinze minutos. Mas fique de olho: se não quiser que as cores se misturem totalmente, preservando o efeito multicolorido, pode tirar um pouquinho antes. De qualquer forma, é preciso se certificar de que eles já estejam derretidos.

4) Despeje o giz líquido dentro das forminhas. Nós usamos aquelas de silicone para gelo, em formato de estrelinhas. Mas você pode usar a que preferir, de qualquer material (desde que resistente ao calor) e formato.

_mg_0873

5) Aí é só esperar esfriar. A cera vai endurecer de novo e então você pode desinformar. O seu giz está pronto!

_mg_0964

Outra opção – talvez mais fácil – é picar os gizes bem pequenininhos e já levá-los ao forno dentro da forminha escolhida. Assim você não terá o trabalho de trocar o líquido de recipiente e as cores vão de misturar menos, dando um efeito mais interessante.

Agora já sabe: nada de sair desesperado para comprar gizes novos quando eles quebrarem. O melhor é correr para a cozinha e fazer a mágica acontecer!